24 de abril de 2015

Book Club: Fangirl - Resenha



Ei gente! 

Mais um post do Book Club (tô adorando, sério ♥) e dessa vez vamos fazer a resenha do livro Fangirl, da Rainbow Rowell.

Eu já havia lido um outro livro da autora, o Eleanor & Park (que pretendo resenhar aqui no blog também!) e gostei muito da escrita dela. Já adianto que é um livro super fofinho e gostosinho de ler, acho que é uma característica dela.

Novamente li o livro em pdf, mas vi que a edição dele é bem bonitinha também.

Imagem via

    A personagem principal e fangirl é Cath, fã da série literária Simon Snow (tipo um Harry Potter da vida) e que escreve uma das maiores fanfictions sobre a série. Ela e sua irmã gêmea Wren costumavam escrever juntas quando mais novas, mas, à medida que foram crescendo, Wren deixou isso um pouco de lado, diferente de Cath, que não vê sua vida sem a série mais. Elas estão indo para a faculdade e, para a surpresa de Cath, sua irmã não quer dividir o dormitório do campus com ela. Cather é bem tímida e encontra dificuldade para se enturmar e fazer novos amigos e a faculdade vira todo um problema pra ela nesse sentido. Ela divide quarto com uma garota chamada Reagan que nunca passa muito tempo no dormitório e de início não faz questão de se relacionar com Cath e aparentemente tem um namorado, o Levi, um garoto simpático, divertido e fofo, que vive no quarto das meninas.

Pra vocês verem como a leitura é rápida, levei menos de 24h pra ler o livro todo. Confesso que não me prendi muito aos trechos da história de Simon Snow, mas mesmo se você ler com toda cautela e tal, ainda assim é um livro super rápido de ler. A escrita é bem fácil, divertida e flui muito bem. Já falei que adoro a escrita da Rainbow né? Pois é.



Sobre o livro: Editora: Novo Século | ISBN: 9788542803686 | Páginas: 424 (versão pdf: 374)

Vem ver as resenhas das outras meninas:

Já leram o livro ou ficaram com vontade de ler?
Beijos ♥


Acompanhe o blog:


21 de abril de 2015

Tendência: Gola rolê



Olá!

Com o inverno chegando vêm as roupas quentinhas e as tendências mais sóbrias. Hoje vou falar de uma tendência exatamente assim: a gola rolê - bem quentinha e com ar mais "adulto".



A gola rolê tem vários nomes: rolê, rulê ou olímpica. Em inglês pode ser chamada de turtleneck ou polo neck.



É uma ótima opção pra se esquentar quando não quiser usar lenços e cachecóis. E por estar geralmente em suéteres é bem mais comum no inverno.



Mas também dá pra usá-la em meia-estação, em camisas sem mangas ou até croppeds.



Os tipos de gola também são apresentados de formas diferentes: justinha ao pescoço ou mais largas.





Vocês gostam desse tipo de modelo? Eu confesso que acho bonito porém um pouco incômodo, hahah.
Beijos ♥
Acompanhe o blog:


18 de abril de 2015

Resenha literária: As Vantagens de Ser Invisível



Olááá!

(Esse post era pra ter saído ontem, mas não deu tempo de tirar as fotos pra resenha, então vai hoje mesmo, hahah.)

Agora, um assunto que vou tratar mais aqui no blog é entretenimento e cultura no geral, mas principalmente livros, porque eu adoro ler e tô sempre lendo alguma coisa. Comecei a ~implantar~ esse assunto aqui com o Book Club, mas além das resenhas e tags dele, vou procurar fazer resenhas independentes também.

O livro que vou falar com vocês hoje é o As Vantagens de Ser Invisível, do Stephen Chbosky e lançado pela editora Rocco.


     As Vantagens de Ser Invisível conta a história de Charlie, um garoto de 15 anos que não tem muitos amigos e não sabe muito bem se relacionar. Ele escreve cartas para uma pessoa que não sabemos quem é, podendo até ser nós mesmos, leitores. Nas cartas ele conta coisas do seu dia-a-dia mesmo, como quando conhece Sam e Patrick, veteranos na escola de Charlie. Os dois são meio-irmãos e Charlie logo se apaixona por Sam. Ela, Patrick e seus amigos se tornam então as únicas amizades de Charlie, com quem ele vai a festas, com que fica no intervalo, etc etc.

     Charlie, por um motivo que só descobrimos no final, tem dificuldades de se relacionar e muitas vezes é taxado de "anormal" por pessoas a sua volta. Seu professor de literatura, Bill, sempre dá trabalhos extras para Charlie, nos quais ele tem de ler um livro e fazer uma espécie  de relatório para seu professor. Bill também aconselha Charlie muitas vezes, como quando ele diz para Charlie "participar" mais.

     A história então vai se desenvolvendo, Charlie correspondendo com alguém que não sabemos nada sobre e também não sabemos muito sobre Charlie. Ele às vezes passa por "semanas ruins" onde não sabemos muito bem a causa e seus pensamentos ficam meio confusos.


No final é isso, um livro bem legal (que já li mais de uma vez, por sinal, haha) e que possui adaptação cinematográfica. Recomendo muito, tem trechos sobre amizade muito bacanas e você sempre quer saber o que vai acontecer em seguida ou como as coisas se resolverão para Charlie.


Mais sobre o livro: ISBN: 9788532522337 | Editora: Rocco | Páginas: 223

Links: Skoob | Goodreads | Orelha de Livro



Já leram esse livro? Me digam o que acharam dele e da resenha!

Beijo ♥

Acompanhe o blog:


14 de abril de 2015

3 canais do YouTube que eu adoro!



Ei gente!

Cada dia que passa eu gosto mais e mais de ver videos no YouTube e sou inscrita em vários canais por lá. Como eu sei que o YouTube tá essa febre toda (que por mim pode continuar pra sempre, hahah) eu resolvi indicar 3 canais que adoro de lá <3



"Oi, todo mundo!" AMO! O canal da Debb é com certeza o meu preferido ♥ Acho ela super divertida, engraçada, espontânea e até meio retardada, HAHAH. Vejo TODOS os vídeos dela, até de assuntos que não me interessam tanto. Ah, e esse mês ela tá fazendo VEDA, yey!



Essas duas também são outras doidas. A Gabriela e a Thalita são atrizes e muito engraçadas. Agora elas estão com uma super produção nos vídeos, com cenário, diretor e tudo. O único defeito é ter só um vídeo por semana </3



O canal da Cíntia é um pouco diferente dos que eu costumo assinar, mas adoro tanto quanto! Ela é formada em inglês, já morou no Canadá e faz vários vídeos sobre o assunto. Ela também faz vídeos sobre filmes e entretenimento no geral e é dona do Mofilho fofo. Nesse mês de abril ela tá fazendo um VEDA diferente, ensinando uma palavra em inglês por dia. É um projeto bem legal e eu tô adorando!

Já conheciam algum desses?
Beijo ♥
Acompanhe o blog:


10 de abril de 2015

Book Club: Tag Livros Opostos



Ei gente!

O post de hoje faz parte do projeto do Book Club e a gente vai responder a TAG "Livros Opostos", criada pelo Bruno Miranda, do Minha Estante.


1. Primeiro livro da sua coleção | Último livro comprado
Primeiro: Fala sério, mãe da Thalita Rebouças
Último: Não se apega, não da Isabela Freitas
          Na realidade o último livro comprado foi um de moda, mas como ele não é bem pra se "ler", ele é mais pra consultar, resolvi não incluir :)


2. Um que pagou barato | Um que pagou caro
Barato: Comprei o box do Nicholas Sparks por mais ou menos 35 reais. Vieram 4 livros, então a média de preço de cada um é menos de 9 reais.
Caro: Não costumo comprar livros caros, por mim, no máximo 40 reais e olhe lá. Então, o mais caro foi Eleanor & Park que eu paguei R$35,90.


3. Com protagonista homem | Com protagonista mulher
Homem: Charlie de As vantagens de ser invisível, Stephen Chbosky.
Mulher: Alex, de Fingindo ter 19 anos, Alyson Noël.


4. Leu bem rápido | Demorou pra ler
Rápido: Fangirl, da Rainbow Rowell. Li em menos de 24 horas, em um sábado tedioso, hahah.
Demorado: O lado bom da vida, de Matthew Quick. Não lembro ao certo quanto tempo eu demorei, mas o iniciozinho é bem devagar.


5. Com capa bonita | Com capa feia
Bonita: Will & Will, John Green e David Levithan. Sério, eu amo essa capa, essas cores, o livro, sei lá, talvez tudo, hahah.
Feia: Um homem de sorte, do Nicholas Sparks. Não que seja de tudo feia, mas não sou muito fã de capas com fotos assim.


6. Um livro brasileiro | Um livro internacional
Brasileiro: Dom Casmurro, de Machado de Assis.
Estrangeiro: O Teorema Katherine, de John Green e mais quase toda a minha estante.


7. Um livro mais fino | Um livro mais grosso
Fino: Querido John, de Nicholas Sparks. Querendo ou não, edições econômicas são mais finas mesmo.
Grosso: A menina que roubava livros, de Markus Zusak.


8. Um livro de ficção | Um de não ficção
Ficção: Quem é você, Alasca? de John Green. A maioria dos meus livros são de ficção, difícil um que não é.
Não ficção: O livro do bem, Ariane Freitas e Jessica Grecco. É um livro interativo, cheio de espaços pra você escrever coisas fofas e felizes, hahah.


9. Um livro meloso | Um livro de ação
Meloso: Um dia, de David Nicholls. Não que seja meloso e tal, mas é um romance bem chicletinho, do tipo que as cenas ficam na sua cabeça, sabe?
Ação: Maze Runner, de James Dashner. Quer mais ação do que acontece nesse labirinto?


10. Um livro que te deixou feliz | Um livro que te deixou triste
Feliz: Extraordinário, da R.J. Palacio. Não que tenha me deixado extremamente feliz, mas foi um livro que me deixou bem. O August é um fofo e ver como todos que gostavam dele realmente se sentiam felizes ao lado dele me deixou feliz também, sei lá, hahah.
Triste: A culpa é das estrelas, do John Green. O livro varia sentimentos de felicidade e tristeza, momentos bons e ruins. Mas o final, como já era de se esperar </3.

Não deixa de conferir os posts das outras meninas:

Que que ces acharam da TAG? E quais vocês concordam comigo?
Beijo ♥


Acompanhe o blog: