22 de maio de 2015

Playlist: Engenheiros do Hawaii


Oi gente!

A frequência de post aqui não tá boa né? D: Mas hoje eu trouxe um post ~mais leve~ pra gente curtir música boa, hahah

Sou muito de fase com música, crio uma playlist e só ouço ela. Enjoei da que estava ouvindo (que eu compartilhei aqui no blog) e montei essa nova. Só tem Engenheiros, por quê? Não faço ideia. Fases.



Vocês gostam da banda?
Beijo!
Acompanhe o blog:

12 de maio de 2015

Rotaroots: 5 coisas que eu quis ser



Ei gente!

Pro post de hoje eu resolvi fazer um meme lá do Rotaroots, um grupo pra resgatar a blogosfera old school. Todo mês eles disponibilizam temas bem legais pra blogagem coletiva e resolvi fazer um que me chamou a atenção: 5 coisas que eu quis ser.

A proposta do meme é falar de 5 profissões ou atividades que você já respondeu quando te perguntaram "o que você quer ser quando crescer?" (além de grande).

1- Professora


Muuuitas das meninas (e até alguns meninos) já quiseram ser professores durante a infância, né? Eu adorava brincar de escolinha com a minha prima e minha avó até montou um cantinho na casa dela pra gente brincar: tinha dois quadros negros pequenos, uma mesinha, cadernos, canetinhas, lápis de cor, giz colorido... tudo! A gente passava horas brincando, hahah.

2- Arquiteta


Já mais velha, no final do fundamental/início do médio eu falava em ser arquiteta. Gostava de matemática (gosto até hoje) e de montar casas no The Sims. Com o tempo fui vendo que não era bem o que eu queria e que a parte da matemática que está mais presente no curso eu odeio, hahah. Álgebra >>> Geometria.

3- Relações Internacionais


Essa foi uma profissão que durou pouco tempo no meu pensamento por motivos de: sou muito tímida. Depois de decidir não fazer arquitetura, não sabia mesmo o que fazer. Gosto muito de inglês e pensei em fazer algo que envolvesse a língua. Apesar de ser uma profissão bem legal, além do fato de ser tímida, não sou tãão boa assim com textos. Riscado da lista então.

4- Química


Sou uma pessoa muito eclética em relação à matérias do ensino médio, ces tão vendo né? Engenharia Química/Química ficou na minha cabeça por uns dois anos e tava quase decidida a fazer Química (visto que Engenharia, de acordo com o que havia pesquisado, envolvia Biologia também, que eu detessssto) mas ainda tinha aquela pontinha de dúvida sabe? Prestei vestibular mesmo assim, mas também prestei pra...

5- Design de Moda


É o que eu curso. Como disse, estava bem receosa quanto à química, visto que é um curso bem mais puxado e 'ou você ama ou odeia'. Decidi então por fazer Design de Moda, já que moda é uma área que adoro! Apesar de não saber muito bem ainda o que fazer dentro da área, estou gostando do curso e adorando as teorias do design, é uma das partes mais legais :)

Tem alguma profissão em comum com as minhas? O que você cursa ou quer cursar?
Beijos ♥

Acompanhe o blog:

8 de maio de 2015

Book Club: Julgando o livro pela capa



Ei gente!

Hoje é dia de mais um post do Book Club e a gente resolveu julgar, rs. Mostraremos livros que temos ou queremos e achamos bonitos em questão de aparência, textura, ilustração, etc, da capa.

Separei 6 livros que eu tenho e que acho bonitos, querem ver?



Um livro que vocês já estão caaaansadxs de ver/ler eu falando que eu acho lindo é o Will & Will. Não consigo parar de achar essa coisa bonita, hahah. As cores, as fontes, as silhuetas, os corações, blá blá blá, tudo lindo!



Gosto muuuito dessa capa de Quem é Você, Alasca?, dá a impressão que é em hq né? Mas é o livro normal, me desiludi quando vi, hahah.



Eleanor & Park eu não acho de todo bonito, mas eu adoro essa ilustra dos dois e como o fio dos fones formam o &. Se fosse essa ilustração na capa toda seria ♥.



A versão em inglês de As Vantagens de Ser Invisível tem uma capa bem legal, na minha opinião. De novo com um tom que eu adoro, silhueta e gosto que o título parece escrito em giz, sabe? E dentro da silhueta ainda tem uns detalhes <3



Outra capa de Quem é Você, Alasca? que eu gosto. O grande talvez literalmente retratado, e ela ainda vem com uma espécie de "capa" que quando você tira ficam só as nuvens, sem o título e o autor escrito.



Por último mas não menos importante, tem a capa de Terra de Sombras, o terceiro livro da série Os Imortais. A série no geral tem capas bem legais, mas essa é minha preferida. As capas seguem o mesmo padrão: a foto de uma pessoa segurando algum objeto que remete a história e esse objeto em destaque, com uma textura diferente do resto da capa (que é fosca).

Vem ver os posts das outras meninas:


Acho que é isso, minha gente. Tem algum outro livro que vocês gostem da capa?
Se vocês quiserem eu posso fazer um post com as minhas edições de Quem é Você, Alasca? :D
Beijo ♥

Acompanhe o blog:

7 de maio de 2015

7 on 7: Maio - Preto & branco

Ei gente!

Já estamos no quinto mês do ano e chegou o dia de mais um 7 on 7. O tema do mês de maio é preto & branco.

Resolvi, pra esse mês, pegar fotos que eu já havia tirado e transformá-las em preto e branco. Peguei fotos de viagens, de paisagens e fotos aleatórias que eu achei que ficariam bonitas com esse efeito. Depois quero saber a opinião de vocês 









Vem conferir o post das outras meninas:

Wan | Ronnie | Mon | Gabi | Vic | Crystal 

E aí, gostaram das fotos?
Ei, tá rolando pesquisa de público aqui no blog, para participar é só clicar aqui.
Beijo ♥

Acompanhe o blog:

5 de maio de 2015

Estilo: Tomboy



Ei gente!

Hoje eu resolvi falar sobre um estilo que eu acho bem legal, o tomboy. Não sei ao certo a diferença entre os estilos tomboy - "menina moleque" - e boyish - "de menino" -, mas o ponto é que há um toque masculino e mais despojado numa produção feminina.



Apesar de achar bem "estiloso" acho também que um deslize e tudo vira um desastre. Eu explico: basta um toque masculino na produção e ela já tem um ar mais despojado, mas quando se pesa nesse "toque", por exemplo várias peças despojadas juntas, fica demais, sabe?



Para aderir a esse estilo, aqui vão algumas peças-chave: roupas largas - principalmente calças -, tênis, coletes, sapatos oxford, blazers, chapéu, peças básicas e de cores sóbrias. Cortes retos são os mais comuns, nada de tudo justo ao corpo. Conforto é quase um sinônimo desse estilo.



Se você quiser quebrar a masculinidade do look, vale apostar em sapatos de salto - principalmente o scarpin -, uma saia justa, acessórios femininos ou até cores mais alegres.



Para mais inspirações tem o board que eu criei lá no Pinterest.



No Lookbook, uma it girl que representa bastante esse estilo é a Ebba Zingmark.



Apostariam nesse estilo? É tendência pro inverno!
Beijo ♥

Acompanhe o blog: